Sobre lugares Turismo consciente

Tulipas na Holanda: 5 erros que os turistas cometem

Photo by @framedbyemily

Com o fim da temporada das tulipas se aproximando, resolvi fazer esse post para sanar as maiores dúvidas sobre as tulipas aqui na Holanda.

Quem nunca sonhou em estar naquele mar de tulipas que a gente já viu tanto só em filmes? Essa espécie de flor é um dos principais símbolos do país e, com certeza, quem pensa em visitar os Países Baixos quer ter a oportunidade de vê-las de perto. Mas não é assim tão fácil..

Aqui, reuni os maiores erros que os turistas cometem em relação as tulipas. De repente, esse post pode te ajudar a planejar sua próxima vinda ao país e colocar as tulipas no seu roteiro de maneira responsável, sempre respeitando os locais e a natureza.

1- Viajar fora da temporada das tulipas

Apesar das flores serem um grande símbolo do país, você não conseguirá vê-las em qualquer momento do ano. A Holanda tem estações muito definidas e somente durante a primavera você conseguirá ver as tulipas de perto. A temporada das tulipas começa no fim de março – quando começam a ser plantadas – e termina no início de maio – quando as últimas são colhidas. Geralmente, o mês de abril é o melhor mês para vê-las florescendo, especialmente na segunda quinzena. No fim do texto, você pode ler opções de como ver tulipas fora de época.

Photo by @saycheesetolouise

2- Procurar tulipas em Amsterdam

Outro grande erro dos turistas é achar que podem facilmente achar tulipas em Amsterdam. Talvez as achem à venda em mercados, museus e feiras, mas jardins e campos de tulipa não são nada comuns na cidade. Para ser sincera, o maior erro no geral dos turistas é achar que vai conseguir ver tudo da Holanda ficando apenas em Amsterdam – que é a cidade menos holandesa do país. Guarde dias da sua viagem para sair da grande e caótica Amsterdam e visitar outras cidades – já que o país é tão bem conectado por trens. Quem sabe indo mais para o interior suas chances de vê-las aumentem?

3- Ir ao Keukenhof procurando os campos de tulipa

Assim que você procura por tulipas na Holanda nas ferramentas de pesquisa, um dos primeiros resultados será o parque Keukenhof. O parque é a maior atração turística envolvendo tulipas do mundo. Com certeza é a sua melhor chance de vê-las de perto! O parque é imenso e tem uma infraestrutura de ponta, como se fosse a Disney das flores! Além dos imensos jardins de flores, você pode encontrar restaurantes, banheiros, lojas de souvenir, etc. MAAAAAS… apesar de tudo, você não encontrará um capo de tulipas aberto como você tanto vê nas fotos. É um parque com diversos jardins, não um campo. Os campos de tulipa são propriedade privada de produtores que vivem do plantio e comércio das flores e, como vou explicar mais a frente, não são atração turística. O parque Keukenhof veio com a solução para os turistas que queriam tanto viver essa experiência das tulipas, já que seria impossível receber tantos turistas nos campos pelo país. Nele, você verá uma imensa variedade de tulipas e outras flores e estará praticando um turismo mais sensato e responsável.

Keukenhof – parque de tulipas com grande infraestrutura para receber turistas com conexão de ônibus para Amsterdam e outras cidades turísticas da Holanda

 

Campo de tulipas – produtores cultivam as tulipas e vendem os bulbos que são exportados para todo o mundo

Photo by @saycheesetolouise

4- Achar que os campos de tulipa são atração turística de fácil acesso

Infelizmente, não é tão fácil visitar campos de tulipa. Desculpe desapontá-los! Isso acontece porque os campos de tulipas não são atração turística. Eles são propriedade privada de produtores que ganham a vida com isso. Imagina se eles fossem simplesmente abertos aos turistas? Apenas em 2018, aproximadamente 20 milhões de turistas visitaram Amsterdam. É um número que ultrapassa a população inteira do país visitando uma única cidade. Sendo um dos destinos mais afetados pelo turismo em massa, não é recomendado que os visitantes tentem visitar as tulipas por conta própria. Fora que, para acessar os campos, você teria que ter autorização dos produtores/proprietários.

Depois de já ter toda essa informação, tem muita gente que ainda procura outras maneiras de visitar os campos. Infelizmente, eles não se encontram em lugares super acessíveis de transporte público. Não existe um trem para ir para os campos. Até porque, não existe um único lugar onde você encontra esses campos. Eles são espalhados por todo o país em áreas rurais apenas acessíveis de carro e bicicleta. Muita gente procura os campos na região de Lisse – região próxima a Amsterdam onde os campos foram descobertos por turistas e  também onde os produtores já pegaram aquele ranço de leve dos que vêm em massa tentar fotografar as tulipas. Se por acaso você decidir visitar os campos por conta própria, muito cuidado para não contribuir a esse turismo em massa que prejudica os locais, seus negócios e a natureza.

5- Esperar que os campos estejam sempre floridos

Tá bom, depois de todos esses ítens você ainda quer conhecer os campos. Você tem uma amiga que tem uma amiga que foi em um campo, o proprietário autorizou sua visita e você marcou de ir num dia X. Está tudo certo para você realizar esse sonho? Nem sempre. Tudo no tempo das tulipas! Um campo de tulipa que estava todo colorido semana passada, pode ter tido todas suas tulipas colhidas para venda dos bulbos. Então nada garante que elas estarão lá no dia da sua visita.

Photo by @saycheesetolouise

Então como eu posso ver as tulipas?

É difícil, mas não é impossível. Existe uma infinidade de blogs (até mesmo em português) que dão dicas de como chegar até certos campos de tulipa. Contudo, é um tema super delicado para mim, que estou sempre incentivando um turismo cada vez mais responsável. Eu, particularmente, não indico que turistas busquem visitar campos por conta própria. Imagina se todos os 20 milhões de turistas anuais pensem da mesma forma e queiram visitar os campos no mesmo mês? Dessa forma não se tem nenhum controle do acesso de turistas e quem sai perdendo são os fazendeiros e as coitadas das tulipas.

  • Minha recomendação é buscar por empresas sérias que façam passeios a campos destinados a receber turistas. Não tenho recomendação de uma empresa específica (alou, empresas! patrocinem esse post! hehe), mas elas existem. Infelizmente os valores serão altíssimos por não poderem atender toda a demanda desse tipo de passeio.
  • Existem fotógrafos/as que tem acordo com produtores para realizar ensaios fotográficos em campos de tulipa. Mesmo assim, eles podem acontecer sob supervisão e com restrições de onde as pessoas podem andar pelo campo. Esse tipo de ensaio também está sujeito à autorização do proprietário e da colheita das tulipas. Não é barato, mas pode ser uma oportunidade para quem deseja muito conhecê-los.
  • Outra recomendação é se ater ao Keukenhof, já que o parque foi desenhado para receber turistas. De lá, você pode alugar uma bicicleta para pedalar por campos de tulipas adjacentes ao parque sem prejudicar o comércio da região. Essa é, de longe, a opção mais responsável, apesar de bem turística.
  • Se você não se importa tanto em ver uma aglomeração de tulipas, mas quer conhecer mais sobre elas, existem opções mais acessíveis para quem visita apenas Amsterdam. Por exemplo:
Photo by @saycheesetolouise

Importante acrescentar, mesmo que seja óbvio, que é extremamente proibido:

  • Pisar nas flores
  • Arrancar flores
  • Passar de bicicleta pelos campos
  • Deixar cair qualquer tipo de resíduo orgânico, lixo, ou qualquer outro objeto/substância que possa poluir ou afetar o plantio das tulipas
  • Entrar propriedade privada sem autorização prévia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *