Sobre lugares

7 razões pelas quais ir ao cinema na Índia é uma experiência única

Uma das experiências que estava na minha lista de “o que fazer” na Índia era definitivamente ir ao cinema. Já sabia que filmes eram uma grande parte da vida deles, já que a indústria do cinema da Índia – Bollywood – é a segunda maior do mundo, perdendo apenas para Nollywood da Nigéria. Sim, essas duas produzem mais filmes que Hollywood, que vem em terceiro lugar.

Fui ao cinema algumas vezes no período que morei lá e tenho que dividir as peculiaridades dessa experiência com vocês. Já falei que Índia é aquele país que te faz esquecer o que é certo ou errado, te coloca de ponta cabeça e te força a ver o mundo de uma perspectiva completamente diferente. Pois é, ir ao cinema não poderia ser diferente! Completamente diferente de qualquer experiência que já tive na vida em outros cinemas pelo mundo.

1 – Você precisa passar pela segurança

A maioria dos cinemas mais modernos ficam dentro de shopping centers, o que significa que você precisa ser revistado na entrada do shopping. Não sei se acontece em todo o país, mas definitivamente é regra nos shoppings do estado de Gujarat que já sofreu episódios terroristas no passado. Ou seja, prepare-se pra ser revistada! O que me leva ao próximo ponto:

2- Você não pode entrar com alguns objetos na sala do cinema

Às vezes, além de ser revistado na porta do shopping, você também é revistado na porta do cinema. Isso acontece porque há uma série de objetos que são proibidos na sala de cinema. Alguns eletrônicos como tablets e laptops, por exemplo, não são permitidos. Alguns cinemas possuem uma chapelaria para você guardar sua bolsa caso esteja carregando objetos do tipo. Minha amiga indiana me contou que uma vez foi a um cinema que não tinha chapelaria e ela teve que fazer um leve escândalo pra poder entrar com o laptop dela. Ah, comida nem pensar! Tem uma série de opções de lanchonetes e restaurantes perto das salas. Outros objetos pontiagudos e até canetas também costumam ser barrados. Mas até agora, o mais engraçado foi terem barrado o meu ABSORVENTE INTERNO. Têm noção que o cara disse que eu não poderia entrar com um O.B.? Acho que esse caso foi uma exceção que representa a ignorância masculina de temas “tabus” como a menstruação, além do fato desse tipo de absorvente não ser muito comum por lá.

3- Palavrões e cena de sexo são censurados

Eles censuram os palavrões dos filmes ocidentais e, dependendo do filme, você fica sem entender o contexto. No meu caso, fui assistir Deadpool no cinema lá na Índia, que tem palavrões do começo ao fim. Fiquei sem entender várias partes e achei que tivesse alguma falha técnica no filme porque ele simplesmente cortavam certas palavras e substituíam por um rápido silêncio. De vez em quando algumas cenas de sexo em filmes ocidentais também podem ser cortadas. Cabe aqui uma discussão sobre liberdade de expressão e se é justo fazer esse tipo de censura.

4- Tem um intervalo no meio do filme

Isso pra mim foi o mais engraçado! Tem um INTERVALO no meio do filme. No meio mesmo! Deu a metade do filme eles cortam sem dó. Pode ser no meio da frase, no meio da cena de ação, no meio da declaração de amor, no meio da pala. Parece jogo de futebol. É a hora que todo mundo levanta pra comprar as guloseimas! No caso dos filmes de Bollywood, eles são divididos em atos e tem um certo fade out entre um ato e outro. Por outro lado, nos filmes internacionais não têm a mesma exata divisão de minutos entre os atos que são mais difusos dependendo do gênero. Por coincidência, esse é o meio do post, então se prepare para mais curiosidades.

5- Colocam contraindicação médica na tela

Em cenas onde os atores estão fumando, você sempre verá uma frase na parte inferior da tela dizendo que o fumo faz mal à saúde. Isso acontece porque o governo indiano acredita que adolescentes e crianças, ao verem personagens que fumam na tela, podem ser influenciados por tais hábitos.

6- É obrigatório tocarem o hino nacional

A Suprema Corte indiana instituiu a obrigatoriedade de todo cinema indiano tocar o hino nacional antes da transmissão do filme. A justificativa é que eles querem que o povo indiano “sinta que está em casa”. A plateia é levemente coagida a se levantar em respeito ao hino, mas em algumas situações as pessoas não respeitam. Há uma discussão enorme sobre essa política e se ela realmente torna as pessoas mais nacionalistas ou não.

7- A plateia interage como se estivesse no teatro

Até que a gente ri e chora no cinema no Brasil, mas o engajamento do público indiano aos filmes é muito mais intenso. Eles agem como se estivessem no teatro, ou melhor, como se estivessem num estádio de futebol. Gritam, aplaudem, vaiam, às vezes até dançam. No fim, se gostarem muito, podem até aplaudir o filme de pé como se quisessem que os atores soubessem o quanto gostaram do filme.

E vocês? Conhecem mais algum hábito diferente dos cinemas pelo mundo?

1 thought on “7 razões pelas quais ir ao cinema na Índia é uma experiência única”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *